1xbet

FAIRPLAY INSTITUTO

CONTATO    TRABALHE CONOSCO    
 
 
NOTÍCIAS
Data: 02/04/2020
Essa notícia foi lida 399 vezes

  

Crônica de um craque na Vida


 “Patrimônio nacional e imorrível”. 

A definição, "certeiraz", veio de gente simples, na porta de um boteco, provavelmente em São João de Meriti, onde meu compadre Marco Antônio passa as horas jogando carteado, fumando e bebendo conhaque. Recebi essa imagem pelo zap e me lembrei dos tempos em que me drogava descontroladamente. Marco Antônio há dois anos teve um AVC e recuperou-se totalmente. Treina um time de pelada em São João e é meio indomável, apesar de introvertido, caladão. O certo seria se internar e falei com o meu irmão, Fred, para ver que tipo de ajuda a AGAP (Associação de Garantia ao Atleta Profissional) poderia oferecer. Deve receber uma pensão da CBF, mas o problema de muitos jogadores, principalmente os de minha época, vai muito além do dinheiro. É carência, abandono, apoio psicológico. 

Nossa  relação com o futebol e com a torcida era colossal, profunda e, acima de tudo, verdadeira. Antes da minha, então, nem se fala. Garrincha também enfrentou problemas com a bebida e foi abandonado. Quando seu pai morreu ele estava em Pau Grande e disse à família e vizinhos que seus amigos abastados e dirigentes de futebol arcariam com as despesas. Esperou, esperou e nada. O corpo do pai foi levado até o cemitério por um caminhão de lixo. Pelé está só. Tostão, recluso. Gerson, Riva, eu e, acho que todo grupo da velha guarda, nunca assimilou a pendurada de chuteiras. O futebol era nossa vida, nosso amor, nossa entrega. Sem apoio psicológico ou oferta de empregos acabamos nos deprimindo. Não é fácil ficar longe do futebol. 

Marco Antônio ficou viúvo cedo, sofreu um bocado. Dividi quarto com ele na Copa de 74. É um dos maiores laterais esquerdos da história do futebol brasileiro. Nilton Santos foi o maior. Entre Marco Antônio e Marinho Bruxa? Marco Antônio, sem dúvida. Era completo, apoiava, marcava, cruzava, batia falta, era inteligente. Marinho foi genial, talento raro, mas era um peladeiro, no bom sentido, docemente irresponsável. Estamos a poucos meses de comemorar os 50 anos do Tri. É o momento de sermos procurados, badalados, exaltados. Eu posso ser localizado tomando um café no Kurt, Marco Antônio um conhaque, em São João, Riva cuidando de seus curiós, Gerson chorando em alguma transmissão da Tupi, Tostão despejando seus sentimentos em belas crônicas, Brito tomando uma cerveja em um quiosque da Ilha do Governador e o Furacão assistindo uma pelada na Praia do Leme, lembrando suas memoráveis arrancadas. 

Os heróis do Tri, apesar de serem considerados “patrimônios nacionais e imorríveis”, podem ser encontrados perdidos e filmados em qualquer esquina. Deprimidos, bêbados, loucos, mas com o coração abarrotado de paixão por um futebol que se perdeu no tempo. Pra finalizar, me lembraram de mais um termo que está na moda dos comentaristas: “jogador de beirinha”. Que tal de beirinha é essa?

Texto: Paulo Cesar Caju
Imagem: Lucas Emanuel



LEIA TAMBÉM!


O uso da ferramenta on-line na psicoterapia em meio à pandemia

A presente pesquisa aborda a importância da saúde mental na vida de toda a população.

France Football elege o Time dos sonhos em 2020

A renomada revista France Football que anualmente concede o prêmio Ballon D`or (Bola de ouro)este ano elegera em dezembro o time dos sonhos.

1º dia do Profissional de Educação Física

Hoje comemoramos o dia do Profissional de Educação Física e nós do Instituto Fair Play parabenizamos a todos!

Lançamento da Web Série! Fair Play Audiovisual

Hoje no dia em que nosso Fundador Carlos Alberto Torres faria 76 anos, lançamos o primeiro episódio da Web série "Histórias não contadas do futebol".

Homenagens aos 50 anos do tricampeonato da Seleção Brasileira

No dia 21 de junho de 1970 o nosso fundador, o eterno capita Carlos Alberto Torres levantava a Taça Jules Rimet. Brasil tricampeão!

Copa Capita vem aí!

No ano de comemorações dos 50 anos do tricampeonato da seleção brasileira de futebol, o Instituto promoverá diversas ações.

Levante Filmes - Nova parceira do Instituto

A Levantes Filmes chega para trazer muita experiência e agregar muito valor a área de comunicação, Além de muitas surpresas que vem por ai!

Site em Reformulação

Aproveitando esta pausa para reformular o nosso site, a cor já mudou em homenagem aos 50 anos do tricampeonato da nossa seleção de futebol.

Quarentena ou um gesto de Amor ?

O Amor ao próximo deve ser a razão que nos impulsiona a ficarmos em casa e passarmos este momento em união e orando por aqueles que estiverem nas ruas

Existe um elo fraco...

Toda corrente existe um elo fraco, e o projeto Torcida Pela Paz continuará monitorando e buscando uma forma de ter a paz de volta aos estádios.

50 Anos do tricampeonato Mundial de futebol de seleções

Após cinco décadas o menino da Vila de Penha ainda é lembrado por todos no planeta e seu legado eternizado em nosso Instituto. Valeu Capita!

Vagas para Estagiário de Contabilidade

O Instituto Fair Play seleciona candidatos para vaga de Estágio de Contabilidade.

Vagas para Estagiário de Administração

O Instituto Fair Play seleciona candidatos para vaga de Estágio de Administração.

Projeto Educarte - Sucesso o encerramento do projeto!!!

O Painel de Culminância do Projeto Educarte foi um grande sucesso, contou com a presença de vários palestrantes e o lançamento oficial da publicação.

Natal Solidário Instituto Fair Play

Estaremos arrecadando brinquedos,roupas, panetones e produtos de higiene pessoal para doarmos para a Ação Cristã Vicente Moretti

Copyright 2021 © FAIR PLAY INSTITUTO.